Crianças e adolescentes usando lentes de contato

Cada vez mais a ideia de adaptar lentes de contato em crianças é adotada pelos pais, que desejam oferecer um conforto maior e segurança para os seus filhos. Em alguns casos, meninos de 11 anos já utilizam as lentes e parecem mais contentes, já que sentem-se mais seguros para correr, brincar, sem a preocupação de que uma pancada possa quebrar os óculos que utilizavam antes.

As vantagens do uso de lentes de contato por crianças são imensas. As lentes protegem melhor o olho da criança diante da entrada de partículas, servem de escudo de possíveis choques com boladas, facilitam a prática de um esporte (muito importante para seu desenvolvimento), e dão muita segurança à criança para correr, pular, e mover-se. Além disso, as lentes são aconselháveis para os casos de cataratas (na infância), ambliopias, e também para solucionar miopias com grandes diferenças de visão entre os olhos.

As lentes de contato devem estar adaptadas às necessidades e aos problemas visuais das crianças. Podem ser indicadas para crianças entre 5 e 6 anos, quando já sejam capazes de amarrar seus tênis. Aos menores, é recomendável que sejam os pais que coloquem e tirem as lentes. Na hora de escolher uma lente para seu filho, tenha em conta que as lentes sejam de baixo custo de manutenção, fáceis de utilizar, que permitam respirar o olho, e que o processo de adaptação seja o mais tranquilo possível.

Para algumas mães que têm filhos miopes, sabem que as novas lentes de contato são fabricadas especialmente para crianças, ou seja, que se podem utilizá-las diariamente e são de fácil manuseio e não precisam de nenhum tipo de cuidado especial. Mesmo assim muitas mães preferem esperar a maturidade organizacional dos filhos, antes de presenteá-los com lentes. 


Os adolescentes


No caso dos adolescentes, as lentes de contato contribuem para manter seu estilo de vida ativa e melhora a sua confiança e auto-imagem, mas é importante avaliar se ele está pronto para utilizar lentes de contato, pois é de suma importância que o usuário cuide de suas lentes para manter a saúde ocular em dia. 

Todos se desenvolvem de maneira diferente, é claro, por isso não há uma idade "certa" para que os adolescentes comecem a usar lentes de contato. Depende mais de quando ele criará responsabilidade do que um número ou fase em si. Fisicamente falando, nossos olhos toleram lentes de contato praticamente desde o nascimento, mas o cuidado com as lentes requer um certo nível de maturidade e responsabilidade que demora certo tempo para atingir. O seu filho adolescente pode estar pronto agora mesmo, ou pode ainda levar alguns anos para essa maturidade. Para ajudar a decidir se seu filho adolescente está pronto para essa responsabilidade, basta responder a si mesmo perguntas como 'ele leva o lixo para fora de casa sem que ninguém peça?', 'a limpeza de seu quarto é responsabilidade sua?' ou 'ele é responsável com suas tarefas escolares?'. Se esta avaliação tiver resultados positivos,  ele provavelmente está pronto para assumir a responsabilidade pelos cuidados com as lentes de contato.

Usar e cuidar das lentes de contato sempre será uma responsabilidade séria para os seus filhos adolescentes. Você deve ter em mente, entretanto, que o uso de lentes de contato não precisa ser permanente. Se o seu filho adolescente achar as lentes desconfortáveis ou ainda não estiver pronto para a responsabilidade do seu uso, eles podem voltar para os óculos e tentar o uso de lentes de contato quando ficarem mais velhos.

Se você acha que o seu filho adolescente está pronto para usar lentes de contato, consulte o seu oftalmologista para uma discussão mais detalhada.

fontes: Alcon e Guia Infantil