Conheça a uveíte, seus sintomas e as causas



Você conhece a úvea? Também conhecida como trato uveal, é o conjunto de três estruturas: a íris, o corpo ciliar e a coróide. A uveíte é uma doença inflamatória que compromete justamente essas estruturas mencionadas, podendo se estender também ao nervo ótico e a retina. 
Essa enfermidade possui três classificações que representam o segmento ocular de manifestação de um ou de ambos os olhos: anterior, intermediário e posterior. Os sintomas são olhos vermelhos, sensibilidade à luz, dor nos olhos, pequenos pontos escuros em movimento e visão embaçada.

úvea
As causas nunca foram comprovadas cientificamente, porém, após o diagnóstico, é possível notar que bactérias, fungos ou infecção por vírus, toxoplasmose congênita, herpes, citomegalovírus, tuberculose, sífilis e outras doenças sistêmicas, artrite reumatoide, lúpus, corpos estranhos, leucemias, linfomas e traumas oculares são possíveis causadores da uveíte. Pode ser manifestada em qualquer idade, de bebês a idosos, mas a maioria dos pacientes com os sintomas são jovens ou adultos, muitas vezes com indícios de toxoplasmose. 

O tratamento varia de acordo com a gravidade da doença, e requer uma orientação de um especialista na doença. O tratamento direto na visão alivia os sintomas, mas para acabar totalmente com a uveíte é necessário a indicação médica de antibióticos, antivirais ou antifúngicos, além de colírios específicos. Em casos mais avançados, corticóides ou imunomodeladores são prescritos por tempo prolongado. Nos casos mais simples, um anti-inflamatório de uso local é receitado após a dilatação da pupila, para que a anatomia do olho seja preservada.

estágios da doença
O diagnóstico precoce é essencial, pois não tratado em tempo, a uveíte pode causar perda total e definitiva da visão. Por isso, vale sempre ressaltar a importância de visitar seu oftalmologista regularmente. A atenção com as crianças deve ser redobrada, pois muitas delas não percebem os sintomas iniciais da doença.