Curiosidades sobre a cor dos olhos

Hoje conheceremos mais sobre a íris, um músculo que contrai ou expande de acordo com a luz do ambiente, e que também define a cor de seus olhos. Você sabe porque elas variam entre castanho, azul ou verde?

A íris é revestida de um tecido com diversos pigmentos. Quanto maior a pigmentação (principalmente de melanina) neste tecido, mais escuro o olho será.

As cores básicas da íris são: castanho, verde ou azul. A quantidade variada de pigmentos diversifica suas tonalidades, como o castanho claro, bem escuro, diversos tons de azul ou verde. Mas ainda há casos de olhos amendoados ou cinza, quando as pigmentações são muito misturadas.


É sabido que as cores variadas de castanho são regidos como genes dominantes, e as cores claras, como os tons de verde e azul, genes recessivos, mas não há um único gene para cada cor. Depende de como será a interação dos genes do pai e da mãe, e até mesmo dos avós. Porque isso? Vamos explicar:
A cor dos olhos do filho não implica somente na mistura da cor dos olhos de seus pais, pois cada um possui 2 genes, mas somente 1 será herdado pelo filho. Como cada gene se expressa de forma diferente, uns podem predominar, e outros não. Por isso que nunca se pode afirmar com 100% de clareza qual será a cor dos olhos do bebê, e somente supor. Então, vejamos as suposições:

  • Pai com olhos castanhos escuros X mãe com olhos castanhos escuro:
A criança possivelmente terá olhos castanhos

  • Pai com olhos castanhos claro X mãe com olhos castanhos claro ou escuro:
Neste caso, a cor dos olhos dos avós pode influenciar. Caso isso aconteça, a criança pode nascer com os olhos claros, caso os avós tenham olhos verdes ou azuis ou nasça com os olhos claros e escureçam nos primeiros anos de vida. 

  • Pai com olhos azuis ou verdes X mãe com olhos castanhos:
Os olhos da criança podem ser claros, principalmente se um dos avós também tiverem olhos claros.

  • Pai com olhos azuis ou verdes X mãe com olhos azuis ou verdes:
A possibilidade do bebê nascer de olhos claros é muito grande.

Olhos que mudam de cor durante o crescimento

Já reparou que alguns bebês nascem de olhos claros, mas que escurecem ao longo da vida? Isso acontece porque os bebês possuem uma quantidade de melanina muito baixa quando nascem, e ao longo do seu crescimento, essa melanina é adquirida, escurecendo os olhos. Isso pode acontecer até os 3 anos de idade, mas algumas mudanças na cor da íris, como a tonalidade, podem ocorrer mesmo na fase adulta. Mas caso a mudança da cor dos olhos seja muito brusca nesta fase, deve-se procurar um médico, pois pode ser sinal de alguma doença ocular.

Há também casos raros de pessoas que possuem um olho de cada cor, e geralmente um é claro e o outro é escuro. Isso acontece por conta da baixa concentração de melanina somente em um dos olhos, denominado como heterocromia (e já explicamos melhor o caso neste post aqui). Mas somente um especialista pode denominar isso, tendo em vista que também pode ser algum caso de doença ocular. Portanto, se o seu filho nascer com um olho de cada cor, procure imediatamente um médico.


Predominância regional:

Pessoas com descendência árabe geralmente possuem olhos castanhos muito claros ou amendoados.

Na Finlândia e na Rússia a população, em sua maioria, possui olhos cinzas, que nada mais é que olhos azuis muito mais claros.

Olhos 100% verdes são difíceis de encontrar, mas são comuns na Hungria, Alemanha e Eslovênia. Muitas vezes os olhos são esverdeados com predominância castanha ou azul (ou castanho esverdeado ou azul esverdeado).