Atenção à luz ultravioleta dos smartphones!

Uma pesquisa realizada por um grupo de oftalmologistas independentes da Grã Bretanha alerta que smartphones, tablets e computadores podem causar sérios danos à visão. Duas mil pessoas com menos de 25 anos foram analisadas durante o processo, que identificou que o excesso de exposição à luz ultravioleta presente nos dispositivos aumentam o risco de degeneração macular, principal responsável pela cegueira no mundo.

Andy Hepworth, um dos oftalmologistas envolvidos na pesquisa, afirma que a luz ultravioleta presentes no brilho das telas é potencialmente tóxica e perigosa, e a longa exposição pode causar sérios danos, além de desregular funções de sono e humor. 
Hepworth ainda explica que não há certeza se há uma ligação direta entre esta exposição excessiva e os problemas oculares apresentados nos pacientes analisados, mas que evidências encontradas no laboratório durante a pesquisa podem provar esta afirmação.
Acredita-se que um adulto passa aproximadamente 7 horas por dia com os olhos fixos no celular, e quando não utiliza o aparelho, apresenta sinais de ansiedade e irritação. Durante todo este tempo, o usuário não pisca o suficiente, e ainda o utiliza muito próximo do rosto, forçando a visão e consequentemente, não promove a lubrificação necessária para manter os olhos saudáveis.

Alana Chinery de 18 anos, uma das voluntárias da pesquisa, afirma que sente mais dores de cabeça e sua visão está piorando ao longo dos anos, desde que começou a utilizar o smartphone em seu dia a dia. Ela corresponde à 43% das pessoas com menos de 25 anos que se sentem irritadas quando não estão com o dispositivo por perto ou com a bateria descarregada.
Para reverter essa situação, os especialistas recomendam que além das visitas regulares ao oftalmologista, o usuário deve se policiar com o uso contínuo destes gadgets, fazendo pausas regulares. Além de promover uma melhor saúde ocular, sua vida social ficará muito mais interessante vendo os amigos com mais frequência.