Estudo investiga diagnóstico de Alzheimer pelos olhos

Um estudo iniciado por pesquisadores das universidades de Dundee e Edimburgo, na Escócia promete revolucionar o diagnóstico em pacientes que são propensos a desenvolver Alzheimer. A premissa é diagnosticar a doença a partir de exames na visão, já que pesquisas recentes mostraram que derrames e doenças cardíacas podem ter ligação com mudanças nas veias e artérias oculares.
Os envolvidos na pesquisa desenvolveram um software para analisar imagens em alta definição dos olhos. É um método não evasivo e de baixo custo, que também colaborará para estudar os diversos tipos de demência.
O estudo tem previsão para ser iniciado em abril de 2015 e custará cerca de R$4 milhões, doados por uma agência do governo da Grã-Bretanha ao Conselho de Pesquisas em Engenharia e Ciência. Segundo dados da Alzheimer's Disease Internation, o Alzheimer atinge mais de 35 milhões de pessoas por todo o mundo.