O laser de femtosegundo combatendo a catarata

A catarata é uma das poucas doenças oculares em que a cegueira pode ser revertida. Essa é a informação dada pela Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO), e por meio de cirurgia, é possível recuperar até 100% da visão. Mas, apesar de ser uma técnica rápida e de baixo risco (mesmo que complexa), o Brasil ainda está atrás dos países desenvolvidos no combate à doença, tendo em vista que enquanto são realizadas 5 mil cirurgias por milhão de habitantes no primeiro mundo, por aqui não chegamos nem ao mínimo de 3 mil cirurgias.
A troca do cristalino é a única possibilidade que devolve ao paciente que sofre de catarata a visão total. A recuperação demora em torno de duas semanas e atualmente o laser de femtosegundo é uma das cirurgias mais eficazes e com a menor possibilidade de riscos durante e após o procedimento. A segurança oferecida pelo laser é o posicionamento do implante das lentes intra-oculares mais reprodutível, corrigindo detalhes com mais precisão que a mão humana, e se feita com perfeição, pode até mesmo dispensar o uso de óculos após a cirurgia, e os resultados se tornam satisfatórios de forma mais rápida.
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a catarata é uma das principais causas de cegueira no mundo, principalmente entre adultos com mais de 65 anos, com mais de 350 mil casos registrados por ano só no Brasil, e 18 milhões em todo o mundo.